2

Um post para Eliza

O que mais acho interessante nesse universo da blogosfera é o espaço consedido livremente pelas pessoas para opinarmos, descordarmos, debocharmos de suas escolhas, pontos de vista, ou até para concordarmos. Quando nos damos conta essas pessoas passaram a fazer parte do nosso dia a dia.

Eliza, querida, estou Reverberando!!!! Reverberando o que pessoas que passaram por aqui nos deixaram de melhor - Poesia!!!!

Retribuo Vinícios e Drummond com um trecho dos meus favoritos, Manuel Bandeira.

Acho pitoresco e curioso seu jeito pessimista de ver a vida (acho que ele já pressentia o caos).

Tão antigo e tão atual!!

"E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do Rei"

Porque tem dias que a gente se sente meio Roda Viva querendo mesmo é ir pra Pasárgada comer tapioca de coco com manteiga de garrafa!!!!

beijos

2 comentários:

Eliza Leopoldo disse...

Meu bem, Manuel Bandeira é tão querido, mesmo sendo pessimista, Machado também era, aliás, só era e é igualmente muito querido!
Obrigada pelo carinho, pelo trato delicado que tem comigo e ah sim, que dá vontade de ir para Pasárgada e que venha nossa tapioca!

Bisous.

p.s.: na proxima vez que for ao Centro do Rio, vou te trazer uma surpresa, mostro no blog. Vai demorar um pouquinho, mas faço!

Bibi disse...

Lindo...